quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Palmeira dos Índios: Presidente do PCdoB representa prefeito por nepotismo e pede a apuração do MP

Vladmir Barros - Presidente do PCdoB em Palmeira

Por Roberto Baía no Jornal Tribuna do Sertão

Um escândalo oficializado. Trata-se de uma denúncia do maior caso de nepotismo de Alagoas. O município é Palmeira dos Índios. É que através do Portal da Transparência do município, a prefeitura foi obrigada a publicar, através de uma decisão judicial, as despesas e receitas da administração municipal. No portal se vê nomes de dezenas de familiares do prefeito James Ribeiro e de secretários, a maioria na lista de despesas do erário, através de contratos de prestação de serviços por tempo determinado. Alguns deles recebem quantias vultosas, para um município que vive em petição de miséria. No município é o irmão do prefeito James Ribeiro, Lucas Monteiro, que toma conta da chave dos cofres da municipalidade, como secretário de finanças, facilitando dessa forma o acesso da parentada. Além do irmão, o cunhado Aurélio Mozart Brasileiro é o chefe da SMTT na cidade, cuidando dos recursos advindos do trânsito.

Entretanto, a lista disponível no Portal da Transparência e que a cidade toda comenta é mais surpreendente. Ela revelou ainda nomes de diversos familiares de secretários contratados pela gestão de James Ribeiro, comprovando denúncias veiculadas na imprensa ano passado.

Na cidade comentam-se sobre supostas irregularidades na execução de obras, licitações e contratação de empresas de outras cidades e estados. Contudo, o que ficou mais explícito com a publicação do Portal foi as contratações de pessoas ligadas ao prefeito, secretários e vereadores.

A população – de mãos atadas – assiste atônita, o sangramento do erário, sem que os representantes do legislativo tomem providências e  ficam sem ter a quem recorrer, pois os “fiscais da lei” estão ao lado de quem lhes oferece um favor  ou emprego.

Familiares de vereadores também participam de gestão. Porém o mais grave também foi revelado no Portal da Transparência de Palmeira dos Índios. Os vereadores da cidade estão ligados através de contratos para familiares com o prefeito (ele tem o apoio dos 10 vereadores existentes). É o chamado “nepotismo cruzado”, aquele em que membros de um poder (legislativo) empregam parentes em comum acordo noutro poder (executivo). A prática desse tipo de nepotismo compromete a atuação do vereador que em troca de um emprego ou um contrato de prestação de serviço para um parente, “vende” seu apoio incondicional ao chefe do executivo.

Em Palmeira dos Índios, maridos e esposas de vereadores estão contratados com salários polpudos. Outros vereadores empregam ainda noras, sobrinhos e alguns deles firmam contratos com empresas de parentes para tentar driblar o chamado nepotismo.

Para quem deseja ter acesso ao Portal da Transparência Pública de Palmeira dos Índios basta acessar o endereço  http://186.235.138.25/transparência e digitar no link “fornecedor” os sobrenomes famosos dos  familiares dos vereadores e do prefeito James Ribeiro.

Denúncia

Mas o que estava escancarado poderá ser coibido em breve. Num ato pleno de cidadania, o presidente do PCdoB Vladimir Barros entrou na sexta-feira, 19, com uma representação no Ministério Público para que o parquet estadual apure o que está exposto no Portal da  Transparência.

O presidente do partido, que é advogado, expôs que situação semelhante já aconteceu no município de Tocantinópolis e todos os vereadores envolvidos e o prefeito foram  afastados do cargo. Cópia da representação também foi enviada ao Procurador Geral de Justiça Eduardo Tavares.

“Agora é com o Ministério Público. Quem estiver errado que pague pelos seus erros”, frisou o advogado Vladimir Barros.

Fonte: Tribuna do Sertão

 ______________
O engraçado é que a página do portal da transparência da cidade ficou "fora do ar", quer dizer, isso não tem nada de engraçado.

0 comentários:

Postar um comentário

Busca

Receba por email

Perfil

Minha foto
Ex-diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e ex-presidente da União da Juventude Socialista (UJS) de Alagoas. Atual militante e presidente do Comitê Municipal de Maceió do Partido Comunista do Brasil, PCdoB.
Tecnologia do Blogger.

Seguidores