sábado, 28 de julho de 2012

64 anos: Viva a UBES!



Tenho estado ausente desse espaço. Há alguns dias começou a campanha eleitoral e esse é um período em que me envolvo bastante, sempre no sentido de fortalecer as ideias que defendo e ajudar no processo de acumulo de forças para construção de um projeto avançado de nação.

Como todos devem saber sou militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e estou mais diretamente contribuindo para que possamos eleger a jovem guerreira Claudia Petuba vereadora de Maceió. Deixarei outro momento para fazer uma postagem mais especifica sobre minhas impressões da disputa eleitoral e, claro, sobre o porquê votar na Claudia.

Mas então, o que me faz voltar a escrever nesse espaço? Pois bem, é que essa semana tem um sentido muito especial para mim e muitos outros, trata-se de uma semana em que comemoramos o aniversário de uma entidade que ao longo de sua historia tem deixado sua marca presente. O dia 25 de julho é histórico, apesar de não ser muito difundido, é um daqueles dias que merece, em minha opinião, ser feriado. Deixando de rodeios, estou falando do dia da fundação da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) que ocorreu em 1948 no endereço inesquecível para o movimento estudantil: rua do flamengo, 132, Rio de Janeiro, a histórica sede da UNE.

A UBES marcou minha vida, como marcou a de tantos outros que dedicaram um momento de sua historia para ajudar a construir a honrosa trajetória desta entidade, a qual alcançou nessa semana seus 64 anos de muita luta, resistência e conquistas. Aprendi muita coisa durante o período que tive o privilegio de ser diretor da UBES, mais teve uma coisa que me marcou muito, foi perceber o quanto são fortes os sonhos da juventude, em especial os estudantes secundaristas, a vontade de mudar, de não ter dúvida que seus sonhos são possíveis e que podem se realizar bem alí: na rua, na passeata.

Orgulho-me muito em ver a nova geração que tem construído o movimento estudantil secundarista no país. É incrível a capacidade de renovação e de formação de novas lideranças que este movimento tem. A cada dia mais jovens conhecem a luta, se apaixonam por ela e decidem fazer o que parece ser mais difícil, nestes tempos de uma ainda forte hegemonia ideológica neoliberal, eles se organizam em seus grêmios, em suas Uniões Municipais e Estaduais, vão às ruas, debatem... e assim vão construindo a UBES.

São incontestáveis as enormes contribuições que a UBES deu em seus 64 anos de existência para construção de um Brasil soberano, democrático e por uma educação de qualidade, também são inúmeros os combatentes que surgiram desta militância. A UBES é um verdadeiro berçário de lutadores.

Espero que tenhamos muitos mais revolucionários revelados na militância secundarista nos próximos 64 anos de vida e luta da UBES. Essa entidade, apaixonada pelo Brasil, ainda tem muito por fazer, e eu não tenho dúvida que se depender da disposição destes jovens, muito mais será feito!

Viva a UBES e seus 64 anos!

Busca

Receba por email

Perfil

Minha foto
Ex-diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e ex-presidente da União da Juventude Socialista (UJS) de Alagoas. Atual militante e presidente do Comitê Municipal de Maceió do Partido Comunista do Brasil, PCdoB.
Tecnologia do Blogger.

Seguidores