sexta-feira, 11 de junho de 2010

50% do Pré-Sal Pra Educação: Conquista dos Estudantes, Vitória do Povo Brasileiro!



            Na madrugada desta quarta feira foi aprovada no senado federal a proposta de emenda de número 5 ao Projeto de Lei que instituiu o Fundo Social do Pré-Sal, a “emenda da UNE” como ficou mais conhecida, materializava a campanha desenvolvida pela UNE, UBES e ANPG pela destinação de 50% do Fundo do Pré-Sal para Educação Publica, além de definir que 80% desse recurso serão vinculados a Educação Básica.
            O dia 10 de junho de 2010 vai ficar na historia não só por ter sido a abertura da 19° Copa Mundial de Futebol, mais entra para historia como o dia de uma grande vitória do Povo Brasileiro. Afinal, o Pré-sal é uma grande oportunidade de aprofundar o desenvolvimento do país, melhorando a vida do nosso povo. Garantir que ele pertença de fato aos brasileiros e vincular boa parte destes recursos para educação é compreender que não há desenvolvimento nacional sem a devida prioridade à educação.
            O petróleo sempre foi alvo de muitas disputas no nosso país e no mundo. Os estudantes brasileiros, através de suas entidades representativas, sempre estiveram do lado mais avançado, defendendo o Brasil e a soberania do nosso povo sobre suas riquezas, foi assim na campanha “O Petróleo é Nosso” nos anos 40 que culminou na criação da PETROBRAS; foi assim na luta contra a política de privatização no Governo de FHC e os ataques cometidos as estatais e é assim hoje, onde mais uma vez os estudantes protagonizaram uma grande conquista ajudando a escrever a história do nosso país.
            Essa vitória histórica foi fruto de uma ampla mobilização nacional dos estudantes. Desde o ano passado que as entidades estudantis organizaram uma série de ações desencadeando uma grande campanha em defesa de um novo marco regulatório para o Petróleo e da bandeira dos “50% do Pré-sal”. Além de panfletos, camisas, adesivos, cartazes e cartilhas a UNE, UBES e ANPG ocuparam as ruas do país em sua jornada nacional de lutas e em mais duas manifestações realizadas em Brasília. Agora a luta é pela promulgação da emenda, toda nossa mobilização será voltada para sua passagem na câmara e para sanção do presidente Lula.
            As vezes demoramos um pouco para compreender o quanto uma conquista é importante assim que a concretizamos. A aprovação dessa emenda é tão importante quanto foi para juventude a aprovação, na constituinte, do voto a partir dos 16 anos. A destinação deste montante de recursos para educação deve significar em médio prazo a superação de problemas seculares de nosso ensino, acreditamos que prioritariamente devemos universalizar a educação no nosso país e isso é dever do Estado brasileiro, devemos lutar para que com esses recursos as portas das escolas e universidades se abram para o nosso povo através de uma educação pública, gratuita e de qualidade para todos.
            No último período vivenciamos muitos avanços no nosso país, em especial na educação, não temos dúvida que nossa tarefa é dar continuidade a execução de um Projeto Nacional de Desenvolvimento com soberania nacional e distribuição de renda, tornando o Brasil cada vez mais forte, e com 50% do Pré-sal sendo investidos na educação conquistaremos avanços inimagináveis até então, que conduzirão o Brasil no rumo de uma sociedade mais justa socialmente, democrática e que dê oportunidades a todos os seus filhos!

Viva os 50% do Pré-sal para Educação!
Viva o Povo Brasileiro!

 



Claudia Petuba – Diretora da UNE/AL


 
 Lindinaldo Freitas – Diretor da UBES/AL

0 comentários:

Postar um comentário

Busca

Receba por email

Perfil

Minha foto
Ex-diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e ex-presidente da União da Juventude Socialista (UJS) de Alagoas. Atual militante e presidente do Comitê Municipal de Maceió do Partido Comunista do Brasil, PCdoB.
Tecnologia do Blogger.

Seguidores