sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

UJS saúda companheiros cubanos pelo cinqüentenário da revolução que marcou o mundo


No dia primeiro de janeiro de 1959 ocorreu, em Cuba, a derrubada do governo do ditador Fulgencio Batista através do chamado “Movimento de 26 de julho”.

Liderado por Fidel Castro em meio à Guerra Fria o governo revolucionário destituiu o sistema político neocolonial, dissolveu os corpos repressivos e garantiu aos cidadãos o exercício pleno dos seus direitos e que os camponeses tornam-se donos de suas terras.

Um dos pontos mais importantes foi a Lei da Reforma Agrária, aprovada em 17 de maio, e que eliminava o latifúndio ao nacionalizar todas as propriedades de mais de 420 hectares de extensão e entregava aos camponeses.

Hoje o país apresenta ao mundo excelência em saúde pública e educação que são cartões postais aos que desconhecessem a historia de Cuba. Fidel construiu uma área social que supera a maior parte das nações mais ricas entre outras ações:

- Uma poderosa rede de assistência social impede que os cubanos passem necessidades;

- Por meio de uma reforma urbana 85% dos cubanos tornaram-se donos das suas residências e isso se mantém nos dias atuais;

- Não existem meninos de rua em Cuba. Os órfãos, filhos de presidiários ou de doentes mentais vivem em uma instituição que garante todos os direitos incluindo estudos de nível superior;

- 100% das crianças freqüentam a escola e os livros didáticos são distribuídos gratuitamente;

- As mais de sessenta mil crianças cubanas com algum tipo de deficiência, física ou psicológica, estudam em escolas especializadas com acompanhamento para que desenvolvam ao máximo suas habilidades;

- O país tem a melhor medicina do mundo e ela é gratuita e beneficia igualmente a todos;

- No caso da passagem de ciclones as autoridades evacuam as áreas de risco e o número de mortes, quando há, é mínimo. Além disso, os animais também são protegidos e tentam salvar o máximo de alimentos e pertences que for possível;

- Há praticamente ausência de violência social.

Em todos os municípios do país acontecerá uma jornada cultural em homenagem aos 50 anos do triunfo da Revoluçao Cubana. O programa intitulado “Todos com a Revolução” se caracteriza pela grande diversidade da proposta cultural que também contará com ações desportivas, as atividades demonstrarão as vitórias obtidas nessas cinco décadas que resultou no aumento da qualidade de vida do povo cubano.

0 comentários:

Postar um comentário

Busca

Receba por email

Perfil

Minha foto
Ex-diretor da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e ex-presidente da União da Juventude Socialista (UJS) de Alagoas. Atual militante e presidente do Comitê Municipal de Maceió do Partido Comunista do Brasil, PCdoB.
Tecnologia do Blogger.

Seguidores